• denuncias
  • peticionamento
  • Mediação
  • mov procedimentos
  • autenticidade de documentos
  • administracao publica
  • fraudes trabalhistas
  • liberdade sindical
  • meio ambiente
  • promocao igualdade
  • trabalho escravo
  • trabalho infantil
  • trabalho portuario

    MPT na Escola busca capacitar educadores a discutir o trabalho infantil

    A Coordenadoria Nacional de Combate à Exploração do Trabalho da Criança e do Adolescente (COORDINFÂNCIA) e o Ministério Público do Trabalho disponibilizam duas mil vagas para o “MPT na Escola”, curso destinado a professores e educadores das redes pública e privada de ensino que tem como objetivo discutir e combater o trabalho infantil. O curso, que acontece entre os dias 2 de fevereiro e 2 de março, terá 20h de carga horária e será inteiramente desenvolvido de forma online, na plataforma EAD do MPT.

    Imprimir

    Decisão dialogada garante volta às aulas presenciais no dia 19 de outubro

    Na manhã desta quarta-feira (14), data que antecede o Dia dos Professores, foi celebrado um acordo que definiu o retorno às aulas presenciais para estudantes, professores e funcionários do pré-ENEM, 3º ano do ensino médio e a partir do 8º período do ensino superior em Teresina para a próxima segunda-feira (19).
    No acordo homologado hoje no TRT, os estabelecimentos de ensino, por meio do Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino do Estado do Piauí (SINEPI-PI) e do Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino de Teresina (SET), se comprometeram a realizar testes diagnósticos de COVID-19 em todos os professores e auxiliares da administração escolar que trabalharão nas atividades liberadas para o funcionamento presencial. Os testes deverão acontecer até o dia 17 de outubro, devendo ter suas realizações comprovadas até a mesma data.
    Segundo Marcelo Siqueira, presidente do SINEPI-PI, “nesta retomada, o mais importante é que se respeitem as medidas de distanciamento e se cumpram os protocolos de saúde e segurança recomendados pelo Estado e referendados pelo MPT”, disse.

    Imprimir

    Nova greve do transporte coletivo em Teresina poderá resultar em multa ao SINTETRO

    Motoristas e cobradores de ônibus deram início a uma nova greve do transporte coletivo em Teresina, na manhã desta terça-feira (13). Em virtude disso, o Ministério Público do Trabalho no Piauí oficiou à STRANS, órgão responsável pela fiscalização, para verificar quantos ônibus estão circulando durante a greve e se há o cumprimento da liminar deferida ajuizada ainda em 7 de julho em ação do MPT-PI. Se constatado o descumprimento, será solicitado ao relator da ação, desembargador Giorgi Machado, a aplicação da multa fixada anteriormente.

    Imprimir

    • banner pcdlegal
    • banner abnt
    • banner corrupcao
    • banner mptambiental
    • banner transparencia
    • banner radio
    • banner trabalholegal
    • Portal de Direitos Coletivos